sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Aula Aberta


Palestra pelo Enfermeiro José Guedes sobre violência e abusos


Realizou-se esta quinta-feira, na sala 4D, pelas 17h30, uma conferência, em aula aberta de EMRC, conduzida pelo Enfermeiro José Faceira Guedes, do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTAD), especialista em saúde mental e psiquiatria, Mestre em Bioética, integrada no Projeto de Educação Sexual. 
Durante os cerca de 45 minutos da sessão, o profissional de Saúde principiou por abordar possíveis consequências, ao nível dos relacionamentos sociais, de um possível isolamento dos adolescentes, das suas práticas e conceções acerca do outro e da sua dignidade, com base em pesquisa recente, dos consumos de pornografia.
Em um segundo momento, atinente à questão dos abusos sexuais, o especialista referiu-se à frequência com que estes sucedem no seio familiar, destacando a posição de vulnerabilidade e/ou subalternidade em que, por regra, se encontra o abusado (muitas vezes, silencioso e silenciado pelo abusador). Sublinhou o conferencista, neste contexto ainda, que o abuso sexual não implica, necessariamente, um contacto físico (maxime, divulgação de fotografias com alguém despido nelas presente). A importância da denúncia, de alguém abusado não se deixar ficar isolado, contando/confiando a uma figura próxima de referência (a experiência por que passou/está a passar), igualmente destacada.
Nesta sessão, não deixou, do mesmo modo, de se alertar para relações adolescentes de tipo patológico, em namoros em que um dos membros (desse relacionamento), por uma vinculação emocional de grande intensidade, permitir ser molestada, permanecendo no relacionamento apesar dos abusos (ex:"vou continuar o namoro, se não, perco-o!"). A urgência e a capacidade de desenvolver a assertividade e dizer "não" sempre que necessário, eis a divisa deixada.






Professor Pedro Miranda

Sem comentários:

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA

Seguidores